Novas receitas

Ribollita

Ribollita


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Ingredientes

  • 13 xícaras (ou mais) de água, dividido
  • 1 1/4 xícaras de canelini seco (feijão branco; cerca de 8 onças)
  • 12 grandes folhas frescas de sálvia
  • 8 dentes de alho; 5 fatiado, 3 picado
  • 2 colheres de chá (ou mais) de sal marinho fino, dividido
  • 2 colheres de chá (ou mais) de sal marinho fino, dividido
  • 6 colheres de sopa de azeite de oliva extra-virgem, dividido, mais adicional para regar
  • 2 talos grandes de aipo, cortados em cubos
  • 1 batata Yukon Gold grande com casca, esfregada e cortada em cubos de 1/2 polegada
  • 1 pequeno bulbo de erva-doce, aparado, dividido em quatro através do núcleo, cortado transversalmente
  • 1 pitada grande de tomilho seco
  • 1 cacho pequeno de couve preta, cortado transversalmente em fitas de 1 polegada (cerca de 6 xícaras)
  • 1 pequeno cacho de acelga verde (cerca de 4 folhas grandes), haste central removida, corte transversal em tiras de 1 polegada de largura (cerca de 6 xícaras)
  • 4 xícaras de repolho em fatias finas
  • 5 tomates grandes de ameixa, picados
  • 1 casca quadrada de queijo parmesão de 2 polegadas
  • Pitada de pimenta vermelha moída seca
  • 2 xícaras (ou mais) de caldo de vegetais leves ou caldo de vegetais enlatado de boa qualidade (como Swanson)
  • 6 fatias de pão branco rural de 1/2 polegada de espessura, grosseiramente rasgado com crostas

Preparação de Receita

  • Combine 8 xícaras de água, feijão, sálvia e alho fatiado em uma panela grande. Traga para ferver; reduza o fogo para baixo, tampe e cozinhe até que os grãos estejam macios, mexendo ocasionalmente e adicionando mais água em 1/4 xícaras para mantê-los submersos, 2 a 2 horas e meia, dependendo da idade do feijão. Adicione 1 colher de chá de sal marinho; cozinhe por 10 minutos. Descubra e esfrie o feijão em um líquido. DO AHEAD Pode ser feito com 1 dia de antecedência. Cubra e leve à geladeira no líquido de cozimento.

  • Aqueça 3 colheres de sopa de óleo em uma panela grande em fogo médio. Adicione a cebola; polvilhe com sal marinho. Cozinhe até a cebola ficar translúcida, mexendo sempre, por cerca de 5 minutos. Adicione o alho picado; mexa 2 minutos. Adicione aipo, cenoura, batata, erva-doce e tomilho; cozinhe até que os vegetais estejam macios e comecem a dourar em alguns pontos, mexendo sempre por 15 a 18 minutos. Adicione couve, acelga, repolho, tomate, casca de parmesão, 5 xícaras de água e 1 colher de chá de sal marinho. Traga para ferver; reduza o fogo para médio-baixo, tampe e cozinhe até que os vegetais estejam bem macios, cerca de 1 hora e meia. Adicione o feijão com o caldo de cozimento e pimenta vermelha moída. Adicione 2 xícaras de caldo. Tempere com sal e uma boa quantidade de pimenta. Esfrie, cubra e relaxe. Reaqueça antes de continuar.

  • Adicione o pão à sopa e cozinhe, mexendo sempre para quebrar o pão em pedaços menores e adicionando mais caldo em 1/2 xícaras para diluir, se desejar. Tempere com sal marinho e pimenta.

  • Divida a ribollita em tigelas, regue com azeite e sirva.

Teor Nutricional

1 porção contém o seguinte: Calorias (kcal) 343,7% Calorias de gordura 32,6 Gordura (g) 12,4 Gordura saturada (g) 2,0 Colesterol (mg) 2,5 Carboidratos (g) 45,8 Fibra alimentar (g) 9,5 Açúcares totais (g) 6,2 Líquido Carboidratos (g) 36,3 Proteína (g) 13,3 Seção de Revisões

  • 3 colheres de sopa (45ml) de azeite de oliva extra-virgem e mais para regar
  • 3 dentes de alho médios, cortados em fatias finas
  • 1 cebola roxa média, cortada em cubos (cerca de 7 onças 200g)
  • 1 parte grande de alho-poró, branco e verde claro, cortado em cubos (cerca de 13 onças 370g)
  • 4 cenouras grandes, descascadas e cortadas em cubos (cerca de 1 1/4 libras 525g)
  • 2 1/2 xícaras de abóbora descascada, sem sementes e cortada em cubos (cerca de 1/2 de uma abóbora média) (cerca de 12 onças 360g)
  • 1 nabo, descascado e cortado em cubos (cerca de 8 onças 240g)
  • 3 talos grandes de aipo, cortados em cubos (cerca de 8 onças 240g)
  • Água
  • 1 cacho de couve lacinato, caule, folhas picadas (cerca de 6 onças 170g) (ver nota)
  • 1 bouquet garnis (feixe de ervas feito de alguns ramos de cada uma de ervas misturadas, como salsa, orégano, tomilho, alecrim e folha de louro)
  • 2 xícaras de feijão cozido, como cannellini, marinho ou cranberry, mais 1 xícara de líquido para cozinhar feijão ou água (se estiver usando feijão enlatado) (ver nota)
  • 1/4 libra (110g) de pão rústico crocante fresco ou velho, cortado em cubos de 1 polegada
  • Sal kosher e pimenta-do-reino moída na hora
  • Parmigiano Reggiano Ralado, para servir (opcional)

Em um grande forno holandês ou panela de sopa, aqueça o azeite em fogo médio com alho. Cozinhe, mexendo, até que o alho esteja perfumado e levemente dourado. Adicione a cebola, o alho-poró, a cenoura, a abóbora, o nabo e o aipo e cozinhe, mexendo, até amolecer ligeiramente, mas não dourar, cerca de 5 minutos.

Adicione água suficiente para cobrir levemente os vegetais (cerca de 6 xícaras de 1,5 L) junto com a couve e o bouquet garnis e leve para ferver em fogo médio-alto. Abaixe o fogo para manter o fogo brando e cozinhe até que os vegetais estejam bem macios, cerca de 25 minutos.

Junte o feijão e o líquido de cozimento (ou 1 xícara de água, se usar feijão em lata). Adicione o pão, mexa bem e cozinhe até que o pão esteja bem macio e quebrando, cerca de 15 minutos. Adicione água, 1/2 xícara de cada vez, se a sopa ficar muito espessa e seca.

Tempere com sal e pimenta. A sopa pode ser servida em várias consistências: mais úmida e calda, como uma sopa espessa e robusta, ou cozida até engrossar como um mingau. Depois de reduzido a um mingau espesso, você pode colocar um pouco dele em uma frigideira antiaderente pequena (8 polegadas) com 1 colher de sopa de óleo e cozinhe em fogo médio-alto, mexendo sempre, até que se aglutine em uma massa densa, eventualmente levará o forma de uma panqueca. (Se suas habilidades de virada forem boas, você pode virá-lo para servir com o lado dourado para cima.) Deslize-o para um prato. Para servir em qualquer consistência, regue com azeite fresco e cubra com pimenta-do-reino moída na hora e queijo ralado (opcional).


Resumo da receita

  • 2 ¾ xícaras de feijão canelini, embebido em água por 12 horas
  • Água para cobrir
  • sal a gosto
  • 2 colheres de sopa de azeite virgem extra
  • 1 cebola pequena, picadinha
  • 1 costela de aipo picado
  • 1 cenoura picada
  • 2 batatas, descascadas e picadas grosseiramente
  • 10 onças de couve picada grosseiramente
  • 10 onças de acelga suíça picada grosseiramente
  • 10 onças de repolho Savoy picado grosseiramente
  • 1 lata (7 onças) de purê de tomate (passata)
  • sal e pimenta-do-reino moída a gosto
  • 1 pão pão toscano velho

Escorra e lave os grãos de canelini e coloque em uma panela grande. Despeje água suficiente para cobrir e adicione sal. Cubra e cozinhe em fogo médio-baixo até ficar macio, 1 1/2 a 2 horas.

Escorra o feijão, reservando o líquido do cozimento. Reserve 1/2 do feijão. Bata os grãos restantes na panela usando um liquidificador de imersão.

Aqueça o óleo em uma panela grande em fogo baixo. Cozinhe a cebola, o aipo e a cenoura até ficarem macios, de 10 a 15 minutos. Adicione 1/2 do líquido de cozimento reservado, purê de feijão, batata, couve, acelga, repolho Savoy e purê de tomate. Leve para ferver. Tampe e cozinhe até que as batatas estejam macias, cerca de 40 minutos. Tempere com sal e pimenta.

Misture o feijão inteiro na panela com o líquido de cozimento restante. Cozinhe por 15 minutos. Retire a sopa do fogo e deixe descansar por 15 minutos.

Pique o pão e adicione à sopa alguns pedaços de cada vez para absorver o líquido e engrossar a sopa. Leve a sopa para ferver. Retire do fogo.


  • 1 lata de tomate ameixa descascado inteiro
  • 2 latas (15 onças) de grãos de canelini, enxaguadas, divididas
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva extra-virgem, dividido
  • 1 alho-poró médio, cortado ao meio no sentido do comprimento e fatiado (ver Dica), partes brancas e verdes claras apenas
  • ¼ xícara de alho em fatias finas
  • ½ colher de chá de pimenta moída na hora, dividida
  • 1 xícara de cenouras em cubos
  • 1 xícara de aipo picado
  • 1 xícara de abobrinha em cubos
  • ¼ colher de chá de sal, dividido
  • 1 cacho de couve ou acelga, aparada e cortada em fatias de 5 cm de largura
  • ¼ de cabeça Savoy ou repolho verde, cortado em cubos de 1 polegada
  • 2 xícaras de batata russet em cubos
  • 3 xícaras de caldo de vegetais
  • 2 xícaras de água
  • ½ colher de chá de tomilho seco
  • 1 folha de louro
  • ⅛ colher de chá de semente de aipo
  • Pimenta vermelha triturada a gosto

Escorra os tomates enlatados, reservando o líquido. Corte os tomates em cubos. Usando um espremedor de batatas, amasse metade dos grãos até formar uma pasta (adicione um pouco de caldo, se desejar, para facilitar a trituração dos grãos). Reserve os tomates e o feijão.

Aqueça 2 colheres de sopa de óleo em um forno holandês em fogo médio. Adicione o alho-poró e o alho e cozinhe, mexendo, até ficarem translúcidos e macios, 2 a 3 minutos. Não dourar. Tempere com 1/8 colher de chá de pimenta. Junte a cenoura, o aipo e a abobrinha e o restante, 1 colher de sopa de óleo, cozinhe, mexendo, até ficar quase macio, por 3 a 5 minutos. Tempere com 1/8 colher de chá de cada sal e pimenta.

Quando as cenouras e o aipo estiverem quase macios, junte a couve (ou acelga) e o repolho. Tampe e cozinhe, mexendo ocasionalmente, até murchar, 4 a 6 minutos. Junte as batatas, o caldo, a água, o tomate picado e o sumo, o puré de feijão e o feijão inteiro, o tomilho e a folha de louro. Leve para ferver em fogo médio. Tempere com sementes de aipo, pimenta vermelha esmagada e 1/4 colher de chá de pimenta e 1/8 colher de chá de sal restante. Tampe e cozinhe, mexendo de vez em quando e reduzindo o fogo conforme necessário para manter o fogo brando, até que todos os vegetais estejam macios, por 15 a 20 minutos.

Dica: Para limpar o alho-poró, apare e descarte as pontas verdes e as raízes brancas. Divida o alho-poró no sentido do comprimento e coloque em bastante água. Swish o alho-poró na água para liberar qualquer areia ou solo. Ralo. Repita até que não haja mais areia.


Vídeo relacionado

Eu estava em busca de uma receita que pudesse em um lote grande e congelar em pequenas porções para ter à mão para meu filho. Ele gosta do Tuscan Beans and Greens da Plum Organics e isso parecia uma combinação próxima. Era!! Meu marido achou que tinham gosto quase idêntico. Meu filho comeu sua garrafa térmica inteira na creche. A única alteração que fiz na receita foi passar um liquidificador de imersão no final. Gostei muito do prato e é bom para toda a família. seria maravilhoso com um pouco de pão de alho no inverno. YUM.

Maravilhosamente farto sem ser carregado de calorias. A única substituição que faço é feijão enlatado em vez de seco. Não vou mentir e dizer que é uma refeição rápida, mas vou fazer uma panela enorme, congelar porções individuais e comer por meses!

Ótimo para usar vegetais CSA, saudáveis ​​e congela bem. Você pode substituir vegetais diferentes. A quantidade de verduras parece demais, mas não é - tudo derrete. A casca do parmesão é essencial! Usei feijão enlatado (2,5 latas, mais um pouco mais de alho e a sálvia) e uma lata de 28 onças de tomate, para facilidade e rapidez. Eu só cozinhei tudo por uma hora e foi o bastante, e só precisei de uma xícara de caldo no final.

Segui as instruções da receita com as seguintes substituições: feijão vermelho em vez de branco, raiz de aipo em vez do ouro Yukon e duas latas de tomate picado em vez de fresco. Fiz uma enorme panela de sopa, incrivelmente deliciosa! É muito cortante, mas os resultados não poderiam ser mais saborosos ou saudáveis.

Conforme está escrito, esta receita é saborosa. Eu faria isso de novo dessa maneira. No entanto, admito que gosto de ajustar as receitas de acordo com o meu humor e os ingredientes disponíveis. Então. Também me afastei de & # x27ribollita & # x27 e fiz o seguinte, que também foi apreciado muito: Fiz a porção principal de vegetais da sopa em uma panela e cozinhei feijão ou massas tubetti separadamente. Uma vez que a parte vegetariana foi cozida, eu misturei até ficar homogêneo com um liquidificador de imersão e, em seguida, adicionei os feijões cozidos ou massas para textura. Às vezes, eu até misturava um pouco de iogurte natural orgânico bem no final. Eu também adicionei alguns pedaços de queijo feta para servir. Cada variação foi boa! Cozinhar é divertido e experimental e, às vezes, ótimas refeições vêm de & # x27acidentes & # x27 e experiências. Alguns serão insucessos, mas alguns serão vencedores. Aproveitar!

definitivamente um goleiro. o detalhe mais importante é que a sopa deve ser comida NO DIA APÓS ela ser preparada.

Esta sopa espessa, rica e saudável estava absolutamente deliciosa. Como padeiro, tive o prazer de encontrar um prato tão digno para utilizar a minha produção extra! Estaremos gostando desta receita muito mais vezes.

Eu estava ficando um pouco entediado com minha receita usual de minestrone. Esta sopa foi uma tentativa de diversificar sem excluir minha filha mais velha, vegetariana. Usei feijão Great Northern (pré-cozido em uma panela de pressão por 10 minutos) e, não encontrando couve preta, usei mais acelga. O resultado foi muito bom. Concordo com outros revisores que a adição do pão duro rasgado é a chave. Eles acabam com uma textura macia e pastosa que me lembra os bolinhos de sopa da Pensilvânia com os holandeses.

Minha família e eu gostamos dessa sopa. Isso me lembrou dos meus dias como estudante na Itália. Achei que funcionou muito bem substituir vegetais diferentes, dependendo do que eu tive que usar quaisquer vegetais de raiz farão no lugar de aipo / batata. Eu usei diferentes verduras escuras em vez de couve e uso mais cenouras, mas não uso de erva-doce. Ótimo para usar os vegetais CSA que ficam na minha geladeira. Usei uma panela de pressão para fazer o feijão, o que diminui o tempo. Além disso, a ribollita é tradicionalmente comida com pão velho e esfarelado, por isso é ótimo para usar suas baguetes endurecidas. Pique em pedaços pequenos e aqueça na sopa por alguns minutos antes de servir. YUM!

Eu odiei isso. Levei horas para cortar tudo e depois fiquei terrivelmente desapontado. Não se preocupe, existem tantas receitas excelentes aqui.

Muito muito bom. Adoro um saboroso prato vegetariano - e é isso! Eu substituí feijão enlatado. Reúne-se rapidamente para uma boa refeição durante a semana. A adição do pão rasgado é a chave!

delicioso! faz ótimas sobras.

Esta sopa estava tão saborosa. Tenho que admitir que não tinha grandes expectativas só porque não tinha certeza de quanto sabor uma sopa composta principalmente de vegetais teria. Mas foi surpreendentemente bom! Eu realmente acho que a chave para dar profundidade de sabor à sopa é a casca do parmesão. Esta receita é muito saudável por ser vegetariana e também é extremamente saudável. É um goleiro.

Sopa muito boa, gostaria de poder dar 3,5 estrelas. Definitivamente melhorou no segundo dia. Nunca fui fã de couve ou acelga, mas ambas resistiram bem nesta sopa. Desfiado um pouco de parmesão por cima, caso contrário, faça exatamente como está escrito.


Ribollita

Para fazer os grãos, pegue-os e descarte os grãos e as pedras deformados. Lave o feijão, escorra e coloque em uma panela com a água. Leve para ferver em fogo alto, ferva por 2 minutos, cubra e retire do fogo. Deixe repousar por 1 hora. Escorra e volte à panela com água fresca para cobrir cerca de 5 centímetros. Junte a cebola, o alho e a folha de louro e leve ao fogo alto para ferver. Reduza o fogo e cozinhe, descoberto, até que o feijão esteja macio, mas não se desfaça, cerca de 1 hora. Adicione o sal durante os últimos 10 minutos de cozimento. Retire e descarte a cebola, o alho e a folha de louro. Reserve o feijão em seu líquido.

Em uma panela grande em fogo médio, aqueça 1/2 xícara de azeite. Adicione a cebola, o aipo, a cenoura e o alho e refogue & # 233, mexendo ocasionalmente, até que as cebolas estejam macias e translúcidas, cerca de 10 minutos. Adicione o tomate picado e a pasta de tomate e cozinhe, mexendo ocasionalmente, por 5 minutos. Adicione o repolho, o feijão branco cozido e seu líquido, o tomilho, o sal e a pimenta, e água o suficiente para cobrir os vegetais. Aumente o fogo para médio-alto e leve para ferver. Tampe, reduza o fogo e cozinhe até que todos os vegetais estejam bem macios, cerca de 2 horas. Retire do fogo, deixe esfriar, tampe e leve à geladeira por 8 horas ou por até 3 dias.

Retire a sopa da geladeira. Disponha 2 ou 3 fatias de pão no fundo de uma panela grande de fundo grosso. Coloque sopa suficiente apenas para cobrir. Repita as camadas até que todo o pão e a sopa estejam na panela, terminando com a sopa. Lentamente, leve a sopa para ferver em fogo baixo, mexendo sempre para não queimar o fundo e quebrar o pão, 20 a 30 minutos. Ele deve eventualmente se dissolver e absorver os líquidos completamente, formando uma sopa bem espessa.

Despeje em tigelas aquecidas e regue com o azeite. Sirva imediatamente.


Ribollita variações

Como toda receita popular, ribollita pode se orgulhar de uma longa lista de variações. Principalmente no que diz respeito aos vegetais escolhidos para serem combinados com couve preta e couve-flor. Abobrinha, ervilha e batata são os ingredientes mais frequentemente adicionados à sopa. Muitas vezes você pode encontrar receitas em que aparece um pão rústico, não necessariamente um sem sal. Por último, quando é comido no dia seguinte, é servido com cebolas salteadas que são adicionadas após ter sido & quotribollito & quot (fervido novamente) juntamente com uma pitada de pimenta preta e um fio de azeite virgem extra.


Ribollita

É nativo da região da Toscana na Itália, que fica na costa oeste do país e em direção ao topo. Foi realmente uma receita camponesa, pois utiliza sobras de pão crocante e sopa de minestrone sobras. O termo Ribolitta significa literalmente re-fervido e esta receita na sua origem esgota tudo da cozinha, por isso nada se perde.

Uma vez terminada a sopa, classicamente ela seria colocada em uma panela de terracota junto com o pão crocante e uma tampa, e ficaria por 15-20 minutos para que o pão absorvesse toda a sopa e ficasse como um mingau.


O que é ribollita?

Ribollita é um prato de comida caseira italiana pura.

Tradicionalmente servida como uma espessa sopa de feijão vegetal na Toscana, a ribollita é um exemplo clássico da cozinha rústica de uma fazenda, onde nada é desperdiçado.

Os ingredientes básicos clássicos deste prato humilde são feijão, batata, pão do dia, vegetais variados e repolho ou couve, geralmente o cavolo nero verde escuro.

As mães italianas faziam ribollita (que significa & # 8220reboiled & # 8221 em italiano) nos dias de jejum de sexta-feira, depois reaqueciam para as refeições do dia seguinte e no dia seguinte.

Não soa muito melhor do que dizer & # 8220Nós & # 8217recebemos sobras para o jantar? & # 8221

Porque é o que eu faço, improvisei na receita da velha escola usando coxas de frango desossadas e sem pele e minhas próprias sobras molho marinara caseiro como base do prato.

Embora o feijão cannellini em lata seja perfeito aqui, se por acaso você tiver feijão branco cozido, vá em frente e use-o (você precisa de cerca de 2 xícaras de feijão cozido).

Nota lateral: eu comi alguns cozidos feijão gigande quando tirei as fotos para a receita. Oh, cara, eles são definitivamente gigantescos em tamanho, com uma textura deliciosamente cremosa e um sabor doce e terroso.

Para terminar de servir, polvilhe com queijo Parmigiano e jogue os cubos de pão torrado direto na assadeira - eles vão embeber o molho e adicionar outra camada de textura.

SIGA ALONG! Inscreva-se no meu boletim informativo e receba meu Plano de Jantar + Lista de Compras, e siga-me no Facebook, Instagram e Pinterest para todas as receitas e conteúdos mais recentes.