Novas receitas

Relatório de abertura semanal: a semana de 17 de junho de 2013

Relatório de abertura semanal: a semana de 17 de junho de 2013


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Todas as semanas, damos uma vista de olhos a alguns dos restaurantes que abriram ou irão inaugurar em breve em todo o país. Aqui está o resumo desta semana:

Austin, TX
Vigor: Recentemente, este novo bistrô foi inaugurado no East Side, uma colaboração entre a proprietária Bridget Dunlop e o chef Andrew Francisco. O cardápio diário do espaço arejado e aconchegante inclui opções como tacos de língua de boi com escabeche e crème fraiche.

Las Vegas, NV
Pub 1842: No MGM Grand resort, o gastropub de alto conceito do chef Michael Mina abriu em 18 de junho. Além de uma enorme seleção de cervejas, o menu apresenta uma ampla variedade de opções de comida caseira.

Nantucket, MA
The Proprietors Bar & Table: Descrevendo-se como tendo um “paladar viajado”, este restaurante inspirado na caça às baleias foi inaugurado em 20 de junho no centro de Nantucket. O cardápio, com comida internacional com ingredientes locais, envolve itens como Carolina spatchcock, e o local possui dois andares de assentos, uma varanda e um bar com tampo de madeira.

Nova York, NY
Potatopia: Em 11 de julho, a primeira locação de Potatopia em Nova York, um restaurante fast-casual centrado na batata, será inaugurado em West Village. Aqui, a batata se tornará a base de uma refeição balanceada, em vez de um acompanhamento, com opções de menu ecléticas como “Acho que, portanto, Inhame”.

Tutto Il Giorno: Este restaurante italiano, já com escritórios em Sag Harbor e Southampton, deve abrir um posto avançado em TriBeCa em breve. Com 150 lugares, o estabelecimento servirá comida italiana requintada, mas com uma vibração casual e otimista.

Bom o suficiente para comer: Depois de enfrentar um possível fechamento, este grampo de 30 anos foi inaugurado em um novo local no Upper West Side em 13 de junho. Embora reabrindo em um prédio novo e um pouco maior, o menu não está mudando, e toda a decoração do o local antigo foi transplantado para o novo.

Paleta de Pinot: Esta rede única, um bar de vinhos em que aulas de pintura são oferecidas, está prestes a abrir sua primeira loja em Nova York no Lower East Side. Serão oferecidas festas de pintura, além de aulas para pedestres.

Cork n ’Fork: No East Village, um restaurante de tapas com itens do menu inspirados na cozinha internacional será inaugurado em breve. A previsão é que contenha um bar com dez lugares e sirva almoço e jantar.

The Halal Guys: O popular carrinho de comida anunciou que lançará um novo carrinho em um local ainda não especificado no East Village. Os detalhes da data ainda não foram divulgados, mas espera-se que o novo posto avançado seja semelhante ao antigo.

Filadélfia, PA
Serpico: Este restaurante antecipado, uma colaboração entre o chef Peter Serpico e o restarauter Stephen Starr, está programado para abrir no dia 21 de junho. Todo o restaurante, servindo apenas jantar, pretende ter um tema de bairro aconchegante e contará com uma espécie de “ingrediente gastronômico -driven oferecendo um menu sazonalmente evolutivo de interpretações divertidas, porém familiares, de pratos globais, de acordo com seu site.

Seattle, WA
Stoneburner: Dos restaurateurs James Weimann e Deming Maclise vem Stoneburner, inaugurado em 25 de junho no térreo do Hotel Ballard. Apresentará cozinha de forno de pedra no estilo mediterrâneo e massas artesanais com foco sazonal e direto da fazenda, em um local decorado com antiguidades de todo o mundo, como um poste de luz de São Francisco.

Fiel à nossa missão, o The Daily Meal está sempre à procura de dicas sobre inaugurações de restaurantes. Se você acredita que perdemos algum, sinta-se à vontade para nos deixar uma dica!


Horóscopo Semanal

Receber! Neste artigo, você encontrará os trânsitos que afetarão seu horóscopo semanal de 16 a 22 de maio de 2021. Júpiter em Peixes Esta semana, entregue-se ao movimento fluido do Universo, pois Júpiter acaba de começar sua dança através de seu signo domiciliar do zodíaco, Peixes. Durante esse trânsito, a vida vai parecer como se estivéssemos flutuando por uma enseada tropical sob um céu azul sem nuvens, às vezes, trazendo mais tempo para o prazer, recreação, criatividade e amor. Este também é um momento auspicioso para a manifestação, especialmente uma vez que primeiro nos conectamos com o verdadeiro propósito de nossa alma e o alcançamos. Nossos sonhos podem se tornar realidade se estiverem alinhados com o destino de nosso espírito. Primeiro, começamos com alguns aspectos planetários doces, mas terminamos com alguns obscuros. Em 17 de maio, o sol ardente em um signo de terra aterrado, Touro, alcançará o céu para impulsionar Plutão no terreno rochoso de Capricórnio. Isso nos infundirá energia para transformar nossas vidas de maneiras positivas. Ao assumir nosso poder, podemos influenciar as pessoas e os eventos ao nosso redor de forma mais estratégica. Podemos deixar uma excelente impressão nas figuras de autoridade agora. Em um nível mais coletivo, isso nos permitirá avaliar nossas vidas e organizar o que está desperdiçando nosso tempo. 19 de maio trará Vênus em Gêmeos em um trígono com Saturno em Aquário. Esse alinhamento é um bom augúrio para relacionamentos pessoais e comerciais. Os sindicatos existentes podem desfrutar de mais estabilidade e compromisso. Algum.


Sistema de Vigilância da Gripe dos EUA: Objetivo e Métodos

A Divisão de Influenza do CDC coleta, compila e analisa informações sobre a atividade da influenza durante todo o ano nos Estados Unidos. O FluView, um relatório semanal de vigilância da influenza, e o FluView Interactive, um aplicativo online que permite uma exploração mais aprofundada dos dados de vigilância da influenza, são atualizados a cada semana. Os dados apresentados a cada semana são preliminares e podem mudar à medida que mais dados são recebidos.

O sistema de vigilância da influenza dos EUA é um esforço colaborativo entre o CDC e seus muitos parceiros nos departamentos de saúde estaduais, locais e territoriais, saúde pública e laboratórios clínicos, escritórios de estatísticas vitais, provedores de saúde, clínicas e departamentos de emergência. As informações em cinco categorias são coletadas de oito fontes de dados para:

  • Descubra quando e onde a atividade da gripe está ocorrendo
  • Determine quais vírus da gripe estão circulando
  • Detectar mudanças nos vírus da gripe e
  • Meça o impacto que a influenza está tendo sobre doenças ambulatoriais, hospitalizações e mortes.

É importante manter um sistema abrangente de vigilância da influenza pelas seguintes razões:

  • Os vírus da gripe estão em constante mudança (referido como deriva antigênica) e, portanto, a coleta contínua de dados e a caracterização dos vírus são necessárias
  • Os vírus da gripe também podem sofrer uma mudança abrupta e importante (referida como mudança antigênica) que resulta em um vírus diferente do vírus da gripe atualmente em circulação. A vigilância dos vírus detectará essas mudanças e informará a resposta de saúde pública
  • As vacinas devem ser administradas anualmente e são atualizadas regularmente com base nos resultados da vigilância
  • O tratamento para a gripe é orientado pela vigilância laboratorial para resistência antiviral e
  • A vigilância da influenza e estudos de pesquisa direcionados são usados ​​para monitorar o impacto da influenza em diferentes segmentos da população (por exemplo, grupos de idade, condições médicas subjacentes).

Componentes do sistema de vigilância

1. Vigilância Virológica

Sistema de Laboratórios Colaboradores da Organização Mundial da Saúde dos EUA (OMS) e a Sistema Nacional de Vigilância de Vírus Respiratório e Entérico (NREVSS) & ndash Aproximadamente 100 de saúde pública e mais de 300 laboratórios clínicos localizados em todos os 50 estados, Porto Rico, Guam e o Distrito de Columbia participam da vigilância virológica para influenza por meio do Sistema de Laboratórios Colaboradores da OMS dos EUA ou NREVSS. As práticas de teste de influenza diferem entre os laboratórios de saúde pública e clínicos e cada rede fornece informações valiosas para monitorar a atividade da influenza. Os laboratórios clínicos testam principalmente amostras respiratórias para fins diagnósticos e os dados desses laboratórios fornecem informações úteis sobre o momento e a intensidade da atividade da influenza. Os laboratórios de saúde pública testam principalmente as amostras para fins de vigilância para entender quais tipos, subtipos e linhagens de vírus influenza estão circulando e as faixas etárias afetadas.

Todos os laboratórios clínicos e de saúde pública relatam semanalmente ao CDC o número total de amostras respiratórias testadas para influenza e o número positivo para vírus influenza, junto com a idade ou faixa etária da pessoa, se disponível. Os dados apresentados pelos laboratórios clínicos incluem o número total semanal de amostras testadas, o número de testes positivos para influenza e a porcentagem positiva para o tipo de vírus influenza. Os dados apresentados pelos laboratórios de saúde pública incluem o número total semanal de amostras testadas e o número positivo por tipo e subtipo / linhagem do vírus influenza. A fim de obter amostras de maneira eficiente, os laboratórios de saúde pública costumam receber amostras com resultados positivos para influenza em um laboratório clínico. Como resultado, monitorar a porcentagem de amostras com teste positivo para influenza em um laboratório de saúde pública é menos útil (ou seja, esperamos uma porcentagem maior de positividade). Para usar cada fonte de dados da maneira mais adequada e evitar a duplicação, os relatórios de laboratórios clínicos e de saúde pública são apresentados separadamente no FluView e no FluView Interactive.

A distribuição por idade das amostras positivas para influenza relatadas por laboratórios de saúde pública é visualizada no FluView Interactive. O número e a proporção de amostras positivas para vírus influenza pelo subtipo A e linhagem B da influenza são apresentados por faixa etária (0-4 anos, 5-24 anos, 25-64 anos e & ge65 anos) a cada semana e os totais cumulativos são fornecidos para a temporada.

Dados laboratoriais adicionais para temporadas atuais e anteriores e por nível geográfico (nacional, região do Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS) e estado) estão disponíveis no FluView Interactive.

Caracterização de vírus & ndash Isso inclui a caracterização genética e a caracterização antigênica. A maioria dos vírus dos EUA submetidos para caracterização de vírus vem de laboratórios de saúde pública estaduais e locais. Devido às considerações do ícone externo do Right Size, a orientação de envio de amostra a laboratórios de saúde pública para a temporada 2020-2021 é que, se disponíveis, 2 vírus influenza A (H1N1) pdm09, 3 influenza A (H3N2) e 2 vírus influenza B sejam enviados a cada outra semana. Portanto, os números de cada tipo / subtipo de vírus caracterizado devem ser mais equilibrados entre os subtipos / linhagens, mas não refletirão a proporção real de vírus circulantes. O objetivo da caracterização antigênica e genética é comparar o quão semelhantes os vírus da gripe atualmente em circulação são aos vírus de referência que representam os vírus contidos nas vacinas atuais da gripe e monitorar as mudanças evolutivas que ocorrem continuamente nos vírus da gripe que circulam em humanos. Para caracterização genética, todas as amostras de vigilância positivas para influenza recebidas no CDC passam por sequenciamento de próxima geração para determinar a identidade genética dos vírus influenza circulantes e monitorar a trajetória evolutiva dos vírus que circulam em nossa população. Os segmentos de genes de vírus são classificados em clados / subclados genéticos com base na análise filogenética. No entanto, as alterações genéticas que classificam os clados / subclados nem sempre resultam em alterações antigênicas.

A caracterização antigênica é realizada usando inibição de hemaglutinação e / ou ensaios de redução de foco baseados em neutralização para comparar as propriedades antigênicas de vírus de referência propagados por células que representam os componentes de vacina atualmente recomendados com aqueles de vírus circulantes propagados por células. A caracterização antigênica é usada para detectar a "deriva dquoantigênica", um termo usado para descrever a mudança antigênica gradual que ocorre à medida que os vírus evoluem para escapar da pressão imune do hospedeiro.

O CDC também testa um subconjunto dos vírus da gripe coletados por laboratórios de saúde pública quanto à suscetibilidade aos antivirais inibidores da neuraminidase (oseltamivir, zanamivir e peramivir) e ao inibidor de endonuclease dependente de cap de PA (baloxavir). A suscetibilidade aos inibidores da neuraminidase é avaliada usando análise de sequenciamento de próxima geração e / ou um ensaio funcional. As sequências de neuraminidase de vírus são inspecionadas para detectar a presença de substituições de aminoácidos previamente associadas com inibição reduzida ou altamente reduzida por qualquer um dos três inibidores da neuraminidase pdf icon external icon. Além disso, um subconjunto de vírus é testado usando o ensaio de inibição da neuraminidase com três inibidores da neuraminidase. O nível de inibição da atividade da neuraminidase é relatado usando os limites recomendados pelo Grupo de Trabalho de Especialistas da Organização Mundial da Saúde do Sistema Global de Vigilância e Resposta à Influenza (GISRS) ícone pdf ícone externo. Essas amostras são obtidas rotineiramente para fins de vigilância e não para testes de diagnóstico de pacientes suspeitos de estarem infectados com um vírus resistente a antivirais. A suscetibilidade ao baloxavir é avaliada usando a análise de sequenciamento de última geração para identificar alterações na proteína PA previamente associadas à suscetibilidade reduzida a este medicamento. Um subconjunto de vírus representativos também é testado fenotipicamente usando um teste de neutralização de imagem de alto conteúdo.

Os resultados da caracterização genética e antigênica e dos testes de suscetibilidade antiviral são apresentados nas seções de caracterização de vírus e resistência antiviral do relatório FluView.

Vigilância para novos vírus da influenza A & ndash Em 2007, a infecção humana por um novo vírus influenza A tornou-se uma condição de notificação nacional. As novas infecções por vírus da influenza A incluem todas as infecções humanas com os vírus da influenza A que são diferentes dos vírus da influenza sazonal humana H1 e H3 que circulam atualmente. Esses vírus incluem aqueles que são subtipados como de origem não humana e aqueles que não podem ser subtipados com reagentes e métodos laboratoriais padrão. Detecção rápida e notificação de infecções humanas com novos vírus influenza A e vírus ndash contra os quais frequentemente há pouca ou nenhuma imunidade preexistente & ndash é importante para facilitar a conscientização e caracterização imediata dos vírus influenza A com potencial pandêmico e acelerar a implementação de respostas de saúde pública para limitar a transmissão e o impacto desses vírus.

Novos casos relatados de infecções humanas com novos vírus influenza A são relatados no FluView e informações adicionais, incluindo contagens de casos por localização geográfica, subtipo de vírus e ano civil, estão disponíveis no FluView Interactive.

2. Vigilância de doenças ambulatoriais

As informações sobre consultas ambulatoriais a prestadores de cuidados de saúde para doenças semelhantes à influenza são coletadas por meio do Rede de vigilância de doenças semelhantes à gripe ambulatorial dos EUA (ILINet). A ILINet consiste em provedores de assistência médica ambulatorial em todos os 50 estados, Porto Rico, Distrito de Colúmbia e Ilhas Virgens dos Estados Unidos, relatando aproximadamente 60 milhões de visitas de pacientes durante a temporada de 2019-20. A cada semana, aproximadamente 3.000 provedores de saúde ambulatorial em todo o país relatam dados ao CDC sobre o número total de pacientes atendidos por qualquer motivo e o número daqueles pacientes com doença semelhante à influenza (ILI) por faixa etária (0-4 anos, 5- 24 anos, 25-49 anos, 50-64 anos e & ge65 anos). Para este sistema, ILI é definido como febre (temperatura de 100 ° C ° C [37,8 ° C] ou superior) e tosse e / ou dor de garganta sem outra causa conhecida além da gripe. Os sites com registros eletrônicos de saúde usam uma definição equivalente conforme determinado pelas autoridades de saúde pública.

Dados adicionais sobre visitas médicas para ILI para temporadas atuais e anteriores e por nível geográfico (nacional, região HHS e estado) estão disponíveis no FluView Interactive.

A porcentagem nacional de visitas de pacientes a provedores de saúde para ILI relatada a cada semana é calculada combinando dados específicos do estado ponderados pela população do estado. Esta porcentagem é comparada a cada semana com a linha de base nacional de 2,6% para a temporada de influenza de 2020-21. A linha de base é desenvolvida calculando a porcentagem média de visitas de pacientes para ILI durante semanas sem influenza nas três temporadas anteriores e adicionando dois desvios padrão. Uma semana sem influenza é definida como períodos de duas ou mais semanas consecutivas em que cada semana foi responsável por menos de 2% do número total de amostras da temporada com resultado positivo para influenza em laboratórios de saúde pública. As linhas de base específicas da região são calculadas usando a mesma metodologia. Devido à grande variabilidade nos dados de nível regional, não é apropriado aplicar a linha de base nacional aos dados regionais.

As linhas de base regionais para a temporada de influenza de 2020-21 são:

Região 1 & mdash 2,0%
Connecticut, Maine, Massachusetts, New Hampshire, Rhode Island e Vermont

Região 2 & mdash 3,3%
Nova Jersey, Nova York, Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas

Região 3 & mdash 2,0%
Delaware, Distrito de Columbia, Maryland, Pensilvânia, Virgínia e Virgínia Ocidental

Região 4 & mdash 3,1%
Alabama, Flórida, Geórgia, Kentucky, Mississippi, Carolina do Norte, Carolina do Sul e Tennessee

Região 5 & mdash 1,9%
Illinois, Indiana, Michigan, Minnesota, Ohio e Wisconsin

Região 6 & mdash 3,9%
Arkansas, Louisiana, Novo México, Oklahoma e Texas

Região 7 & mdash 1,7%
Iowa, Kansas, Missouri e Nebraska

Região 8 & mdash 2,8%
Colorado, Montana, Dakota do Norte, Dakota do Sul, Utah e Wyoming

Região 9 & mdash 2,4%
Arizona, Califórnia, Havaí e Nevada

Região 10 & mdash 1,6%
Alasca, Idaho, Oregon e Washington

Mapa Indicador de Atividade ILI: & mdash Os níveis de atividade são baseados na porcentagem de visitas ambulatoriais devido a ILI em uma jurisdição em comparação com a porcentagem média de visitas ILI que ocorrem durante semanas com pouca ou nenhuma circulação do vírus da influenza (semanas sem influenza) naquela jurisdição. O número de relatórios de sites a cada semana é variável, portanto, as linhas de base são ajustadas a cada semana com base em quais sites dentro de cada jurisdição fornecem dados. Para realizar esse ajuste, as taxas de ILI de linha de base do nível do provedor são calculadas para aqueles que têm um histórico de relatórios suficiente. Os provedores que não têm o histórico de relatórios necessários são atribuídos à taxa de linha de base para seu tipo de prática. A linha de base do nível de jurisdição é então calculada usando uma soma ponderada das taxas de linha de base para cada provedor contribuinte.

Os níveis de atividade comparam a porcentagem média relatada de visitas devido a ILI para a semana atual com a porcentagem média relatada de visitas devido a ILI para semanas sem influenza. Os 13 níveis de atividade correspondem ao número de desvios padrão abaixo, em ou acima da média para a semana atual em comparação com a média das semanas sem influenza. Os níveis de atividade são classificados como mínimo (níveis 1-3), baixo (níveis 4-5), moderado (níveis 6-7), alto (níveis 8-10) e muito alto (níveis 11-13). Um nível de atividade de 1 corresponde a valores que estão abaixo da média, o nível 2 corresponde a uma porcentagem de ILI menor que 1 desvio padrão acima da média, o nível 3 corresponde a ILI mais de 1, mas menos de 2 desvios padrão acima da média, e assim por diante, com um nível de atividade de 10 correspondendo a ILI 8 a 11 desvios padrão acima da média. Os níveis muito altos correspondem a ILI 12 a 15 desvios padrão acima da média para o nível 11, 16 a 19 desvios padrão acima da média para o nível 12 e 20 ou mais desvios padrão acima da média para o nível 13.

O mapa do indicador de atividade do ILI reflete a intensidade da atividade do ILI, não a extensão da disseminação geográfica da gripe, dentro de uma jurisdição. Portanto, surtos ocorrendo em uma única área podem fazer com que toda a jurisdição exiba níveis de atividade altos ou muito altos. Além disso, os dados coletados no ILINet podem representar desproporcionalmente certas populações dentro de uma jurisdição e, portanto, podem não representar com precisão o quadro completo da atividade da gripe em toda a jurisdição. As diferenças nos dados apresentados aqui pelo CDC e de forma independente por alguns departamentos de saúde provavelmente representam diferentes níveis de completude dos dados, sendo os dados apresentados pelo departamento de saúde provavelmente mais completos.

O Mapa Indicador de Atividade ILI exibe níveis de atividade específicos do estado para várias estações e permite uma representação visual da atividade relativa de um estado para outro. Mais informações estão disponíveis no FluView Interactive.

3. Resumo da propagação geográfica da gripe

Os departamentos de saúde estaduais e territoriais relatam o nível estimado de disseminação geográfica da atividade da gripe em suas jurisdições a cada semana durante o Relatório de epidemiologistas estaduais e territoriais. Este nível não mede a gravidade da atividade da influenza. Os baixos níveis de atividade da influenza ocorrendo em toda a jurisdição resultariam em uma classificação de & ldquowdpla & rdquo. As jurisdições classificam a distribuição geográfica da seguinte forma:

  • Sem atividade: Nenhum caso de influenza confirmado por laboratório e nenhum aumento relatado no número de casos de ILI.
  • Esporádico: Foi relatado um pequeno número de casos de influenza confirmados em laboratório ou um único surto de influenza confirmado em laboratório, mas não há aumento nos casos de ILI.
  • Local: Surtos de influenza ou aumento de casos de ILI e influenza recente confirmada por laboratório em uma única região do estado.
  • Regional: Surtos de influenza ou aumento de ILI e influenza laboratorial recente confirmada em pelo menos duas, mas menos da metade das regiões do estado com evidência laboratorial recente de influenza nessas regiões.
  • Difundido: Surtos de influenza ou aumento de casos de ILI e influenza confirmada por laboratório recente em pelo menos metade das regiões do estado com evidência laboratorial recente de influenza no estado.

Devido à pandemia de COVID-19 em andamento, este sistema suspenderá a coleta de dados para a temporada de influenza de 2020-21. Os dados das temporadas anteriores estão disponíveis no FluView Interactive.

4. Vigilância de Hospitalização

As hospitalizações associadas à influenza confirmadas em laboratório são monitoradas através da Rede de Vigilância de Hospitalização de Influenza (FluSurv-NET). FluSurv-NET realiza vigilância de base populacional para hospitalizações relacionadas à influenza confirmadas em laboratório em crianças menores de 18 anos de idade (desde a temporada de influenza de 2003-2004) e adultos (desde a temporada de influenza de 2005-2006). A rede inclui mais de 99 condados nos 10 estados do Programa de Infecções Emergentes (EIP) (CA, CO, CT, GA, MD, MN, NM, NY, OR e TN) e quatro estados do Projeto de Vigilância de Hospitalização da Gripe (IHSP) ( IA, MI, OH e UT). O IHSP começou durante a temporada 2009-2010 para melhorar a vigilância durante a pandemia de H1N1 de 2009. Os sites IHSP incluíam IA, ID, MI, OK e SD durante a temporada 2009-2010 ID, MI, OH, OK, RI e UT durante a temporada 2010-2011 MI, OH, RI e UT durante a temporada 2011-2012 IA, MI, OH, RI e UT durante a temporada 2012-2013 MI, OH e UT durante as temporadas 2013-2014 a 2019-20 e IA, MI, OH e UT durante a temporada 2020-2021.

Os casos são identificados analisando o laboratório do hospital e bancos de dados de admissão e registros de controle de infecção para pacientes hospitalizados durante a temporada de influenza com um teste de influenza positivo documentado (ou seja, cultura viral, ensaio de anticorpo fluorescente direto / indireto (DFA / IFA), teste de diagnóstico rápido de influenza ( RIDT), ou ensaios moleculares incluindo reação em cadeia da polimerase de transcrição reversa (RT-PCR)). Os dados coletados são usados ​​para estimar as taxas de hospitalização específicas por idade em uma base semanal e descrever as características das pessoas hospitalizadas com a doença da influenza. É provável que as taxas fornecidas sejam subestimadas, pois as hospitalizações relacionadas à influenza podem ser perdidas se o teste não for realizado.

Os prontuários dos pacientes são revisados ​​para determinar se alguma das seguintes categorias de condições médicas de alto risco são registradas no prontuário no momento da hospitalização:

  • Asma / doença reativa das vias aéreas
  • Doença do sangue / hemoglobinopatia
  • Doença cardiovascular
  • Doença pulmonar crônica
  • Doença metabólica crônica
  • Doença gastrointestinal / hepática
  • Condição imunocomprometida
  • Desordem neurológica
  • Desordem neuromuscular
  • Obesidade
  • Estado de gravidez
  • Prematuridade (apenas casos pediátricos)
  • Doença renal e
  • Condições reumatológicas / autoimunes / inflamatórias.

Durante a temporada 2017-18, sete sites FluSurv-NET (CA, GA, MN, NM, NYA, OH, OR) conduziram uma amostragem aleatória para selecionar casos e 50 anos para abstração de prontuários médicos, enquanto ainda realizavam abstrações de prontuários completos de todos os casos e lt50 anos. Durante a temporada de 2018-19, seis locais (CA, GA, NM, NYA, OH, OR) conduziram uma amostragem aleatória de casos e 65 anos para abstração de prontuários médicos. Todos os outros sites realizaram abstrações de gráficos completos em todos os casos. Dados sobre idade, sexo, data de admissão, óbito hospitalar e resultados do teste de influenza foram coletados para todos os casos. Para cada temporada daqui para frente, incluindo 2020-21, a amostragem para abstração de prontuário pode ser considerada em casos e 50 anos. No início de janeiro de cada temporada, as contagens de casos observados em todos os locais do FluSurv-NET serão comparadas com limites pré-determinados para determinar se a amostragem será implementada para a temporada.

5. Vigilância da mortalidade

Dados de vigilância de mortalidade do National Center for Health Statistics (NCHS) & ndash O NCHS coleta dados de atestados de óbito de escritórios de estatísticas vitais estaduais para todas as mortes ocorridas nos Estados Unidos e são agregados pela semana de ocorrência da morte. As mortes são classificadas com base nos códigos de causas múltiplas de morte da CID-10 como associadas à influenza, COVID-19 ou pneumonia. Para permitir a coleta de dados suficientes para produzir uma porcentagem estável, os dados de vigilância do NCHS são liberados uma semana após a semana da morte e as porcentagens das semanas anteriores são continuamente revisadas e podem aumentar ou diminuir conforme dados novos e atualizados do atestado de óbito são recebidos pelo NCHS.

Em temporadas anteriores, os dados de vigilância do NCHS foram usados ​​para calcular a porcentagem de todas as mortes ocorridas a cada semana que tiveram pneumonia e / ou influenza (P & ampI) listadas como causa de morte. Por causa da pandemia de COVID-19 em andamento, as mortes codificadas por COVID-19 foram adicionadas a P & ampI para criar a classificação PIC (pneumonia, influenza e / ou COVID-19). PIC inclui todas as mortes por pneumonia, influenza e / ou COVID-19 listadas na certidão de óbito. Como muitas mortes por influenza e muitas mortes por COVID-19 têm pneumonia incluída no atestado de óbito, P & ampI não mede mais o impacto da influenza da mesma forma que fazia no passado. Isso ocorre porque a proporção de mortes por pneumonia associadas à influenza agora é influenciada pela pneumonia relacionada ao COVID-19. A porcentagem de PIC, o número de influenza e o número de mortes por COVID-19 serão apresentados para ajudar a entender melhor o impacto desses vírus na mortalidade e a contribuição relativa de cada vírus para a mortalidade por PIC.

As porcentagens de PIC são comparadas a uma linha de base sazonal de mortes de P & ampI que é calculada usando um modelo de regressão periódica que incorpora um procedimento de regressão robusto aplicado aos dados dos cinco anos anteriores. Um aumento de 1.645 desvios-padrão acima da linha de base sazonal de mortes por P & ampI é considerado o & ldquo limite epidêmico & rdquo, ou seja, o ponto em que a proporção observada de mortes atribuídas a pneumonia ou gripe foi significativamente maior do que seria esperado naquela época do ano em a ausência de mortalidade substancial relacionada à influenza.

Dados adicionais de mortalidade P & ampI e PIC para temporadas atuais e passadas e por nível geográfico (nacional, região HHS e estado) estão disponíveis no FluView Interactive. Os dados exibidos em nível regional e estadual são agregados pelo estado de residência do falecido.

Sistema de Vigilância de Mortalidade Pediátrica Associada à Gripe & mdash Mortes associadas à influenza em crianças (pessoas com menos de 18 anos de idade) foram adicionadas como uma condição de notificação nacional em 2004. Uma morte pediátrica associada à influenza é definida para fins de vigilância como uma morte resultante de uma doença clinicamente compatível que foi confirmada para ser influenza por um teste de diagnóstico laboratorial apropriado. Não deve haver período de recuperação completa entre a doença e a morte. Informações demográficas e clínicas são coletadas em cada caso e transmitidas ao CDC.

Informações sobre mortes pediátricas associadas à influenza, incluindo dados demográficos básicos, condições médicas subjacentes, coinfecções bacterianas e local de morte para as temporadas atual e anterior, estão disponíveis no FluView Interactive.

Considerações sobre a vigilância da influenza

É importante lembrar o seguinte sobre a vigilância da influenza nos Estados Unidos.

  • Todos os relatórios de atividades de influenza por parceiros de saúde pública e prestadores de serviços de saúde são voluntários.
  • As informações relatadas respondem às perguntas de onde, quando e quais vírus influenza estão circulando. Pode ser usado para determinar se a atividade da influenza está aumentando ou diminuindo, mas não informa diretamente o número de doenças influenza. Para obter mais informações sobre como o CDC classifica a gravidade da influenza e a carga da doença da influenza, consulte Carga da doença da influenza.
  • O sistema consiste em oito componentes complementares de vigilância em cinco categorias. Esses componentes incluem relatórios de mais de 350 laboratórios, cerca de 3.000 prestadores de cuidados de saúde ambulatoriais, o Centro Nacional de Estatísticas de Saúde, equipe de pesquisa e saúde em unidades FluSurv-NET e coordenadores de vigilância de influenza e epidemiologistas estaduais de todas as unidades de saúde estaduais, locais e territoriais departamentos.
  • A coleta de dados de vigilância da influenza é baseada em uma semana de notificação que começa no domingo e termina no sábado seguinte. Cada participante da vigilância é solicitado a resumir os dados semanais e enviá-los ao CDC até a tarde de terça-feira da semana seguinte. Os dados são então baixados, compilados e analisados ​​no CDC. O FluView e o FluView Interactive são atualizados semanalmente todas as sextas-feiras.

O período de relatório para cada temporada de influenza começa durante Relatório semanal de morbidade e mortalidade (MMWR) na 40ª semana e termina na 39ª semana do ano seguinte. O ícone de PDF de semanas MMWR refere-se à numeração sequencial de semanas (domingo a sábado) durante um ano civil. Isso significa que o início exato do período de notificação da gripe varia ligeiramente de uma estação para outra. A temporada de gripe 2020-2021 começa em 27 de setembro de 2020 e termina em 2 de outubro de 2021.


O PSU Farmers Market está aberto o ano todo aos sábados das 8h30 às 14h (abril-outubro) e das 9h às 14h.

Um evento todas as semanas que começa às 8h30 no sábado, repetindo-se até 30 de outubro de 2021

King Farmers Market

O King Farmers Market está aberto aos domingos das 10h às 14h, de 2 de maio a 21 de novembro de 2021.

Shemanski Park Market

O Shemanski Park Farmers Market está aberto às quartas-feiras das 10h às 14h, de 5 de maio a 27 de outubro.

An event every week that begins at 10:00 am on Wednesday, repeating until October 27, 2021

View Events Calendar


2018 Weekly Challenge List

I have tried SO HARD to get an emu egg for Oceania week but apparently they only lay eggs in the winter. Rude.

You're in luck! It's winter in the Southern hemisphere, in which much of Oceania is located! Okay, maybe that's not really helpful.

This person's comment from the first year of 52 weeks of cooking seems so prescient now as we approach Four in a Row week.

Egg drop soup is actually one of the recipes I debated making this week to meet the theme before I saw this! It will be fun to see everyone's unique creations.

Dear cooks and bakers, what is the policy of sharing recipes? Often I want to share the recipe, but it's from a cookbook like Jamie's. Are you allowed to share these recipes online? Or can you only refer to the book? A lot of recipes can be found on his own website, so that's easy. But the ones that are not, what would you do?

The ingredient list of recipes are not protected by copyright law, only the “substantial literary description”. So you can list the ingredients and describe in your own words the techniques you used

I never share as that’s illegal. I always refer to the book that I obtained it from and if it is still available to buy I have a lot of old cookbooks. I do a quick check to see if that or something identical is available on line and link to that.

More often than not, I don't share it. Mostly because I'm too lazy to type something out. When I do type it out I do try and include an amazon link to the book if its a book I really like.

If you're like me and suck at geography, here you go--there are 14 countries in Oceania, including Australia, Papua New Guinea, New Zealand, Fiji, the Solomon Islands, Vanuatu, Samoa, Kiribati, Tonga, Micronesia, Marshall Islands, Palau, Nauru, and Tuvalu.

Oceania! As an Australian, I am very excited but also already overwhelmed by the options

Can I ask your opinion on the recipe I was planning on making, then? My meta-theme is "Last Week," and I'm having a bit of trouble finding a recipe from the region that includes stone fruits. I found this one on an Australian site and it sounds really good, but do you think it's

? I don't want to cheat and make something lame!

Smoking? But I just quit. I guess if the 52weeks overlords tell me I should be smoking, so be it.

May I please have my pizza flair? :(

I haven't had any luck getting my flair either :-(

Oh man. Four in a row sounds really daunting.

Multi Course might be a good way of getting 4 in a row in. Some on sale items, some eggs, use them to make 3 courses, one of which is a peruvian dish?

You just have to find four that looks like they go together. I'm doing either Roasting,Cinnamon,Vegetarian,Dessert or Seafood, Mexican,Steaming, Onions. Fall dessert or some Mexican seafood dish, boom, done.

I'm going with 2013 Weeks 30 - 33: tomatoes, Vietnamese, new to you, and peppers.

Bò Lúc Lắc is a Vietnamese dish where you saute beef with tomatoes, red onion, black pepper, onion, and soy sauce. Simple but sounds delicious. To get the peppers included I'm planning on making some Nuoc Cham which is a chile pepper dipping sauce. Seems like a great pairing with the simple flavors in the Bò Lúc Lắc. And it's all new to me!


Weekly Opening Report: The Week of June 17, 2013 - Recipes

Weekend Box Office (April 2 - 4, 2021)

THIS WEEKEND Moviegoing soared to its highest point ever during the pandemic as the monster mashup tentpole Godzilla vs Kong attacked the North American box office delivering the kind of record-breaking numbers not seen in over a year. Industry expectations were demolished and audiences showed they will come back out to cinemas for event films which excite them.

Warner Bros. scored a huge win with GvK which opened to an estimated $32.2M over the Friday-to-Sunday Easter frame and an incredible $48.5M during its five-day start which kicked off with Wednesday's opening day. Playing in 3,064 locations, the PG-13 pic averaged a terrific $10,509 per theater over the weekend with the five-day average at a stellar $17,275. After only five days in theaters it's already the third biggest domestic grosser of the entire pandemic after Tenet and The Croods: A New Age . We haven't seen attendance like this in over a year.

These are just phenomenal numbers during a pandemic since some parts of the US and most parts of Canada are still closed, plus most open theaters having seating capacity limits. Then add in the fact that subscribers to the HBO Max streaming service could watch the film at home for no additional cost, and it's easy to see that the monsters attracted an amazing turnout given the current circumstances. The Premium VOD release in Canada made about $3M this weekend.

New pandemic box office records were set by Godzilla vs Kong in North America. It was by far the biggest opening weekend during this time beating out the $16.7M of Wonder Woman 1984 over Christmas weekend. Of course, the $48.5M five-day tally was also the best ever for any extended pandemic opening crushing the $14.2M five-day Thanksgiving launch for Croods and the $20.2M start for Tenet which included 8 days in the US + 12 days in Canada. The $9.6M Wednesday was the biggest opening day ever in the pandemic passing the $7M+ Christmas Day Friday bow for WW84 . Saturday's $12.5M was the largest gross in a single day.

It was the widest release of any film and the first movie to break the 3,000-theater mark. The prior record for widest opening was the studio's own Tenet which bowed in 2,810 sites and maxed out at 2,930 two weeks later. With both New York City and Los Angeles reopening movie theaters in recent weeks, the US box office has taken a big step back towards normalcy, plus Regal finally started reopening some of its cinemas too this week adding to the market potential for all films.

GvK didn't stop there, it also posted the largest opening weekend average of the pandemic surpassing the $7,764 for WW84 . Overall it accounted for a whopping 73% of all ticket sales for the top ten movies this weekend. Reviews were very encouraging for a sci-fi sequel and the A grade from CinemaScore was the best ever for the franchise so critics and moviegoers alike were putting their opposable thumbs up.

The opening day audience for GvK was 63% male and 37% female which was no surprise. A very multicultural crowd came out with the breakdown at: 33% White, 27% Latino, 23% Black, 10% Asian, and 7% Native America/Other. Reviews were especially good for a franchise actioner like this and moviegoers had a blast as the film earned a solid A grade from CinemaScore - the highest of the whole four-film series. Plenty of ticket buyers wanted that supercharged experience with 9.3% of the five-day gross coming from IMAX screens. Other premium large format screens and full auditorium pod rentals contributed as well to the record haul.

With strong word of mouth and no competition for weeks, the Warners hit looks to quickly become the highest grossing film of the whole pandemic in North America as it very well may pass the $58.4M of the studio's Tenet by this Friday after only ten days of play. Hitting the $100M mark seems possible redefining what potential event movies have at today's box office.

Godzilla vs Kong is surely working wonders as a popcorn movie and as fun escapism at a time when people are desperately in need of it. Covid case numbers are still bad in America, however vaccinations are moving ahead quickly, stimulus money has been disbursed, weather is getting better, and more people are willing to spend on giving themselves a good time.

Also quite impressive is the fact that GvK 's $48.5M five-day debut matched up with the $47.8M three-day opening weekend of the last film in this Monsterverse franchise - 2019's Godzilla: King of the Monsters . Sure one gross has two more days in it, but it also has the limitations of a launch during a pandemic, a streaming release, and one thousand fewer theaters. KOTM underperformed two years ago tumbling 68% in the sophomore frame and casting some doubt on the series, but the new Godzilla delivered the goods, pleased those crowds, and could have a bright road ahead.

Wildly successful in every way, Godzilla vs Kong has proven that the right product will pull large crowds back into the multiplexes. Despite the home entertainment market booming during the pandemic with more choices than ever before, a substantial number of movie fans want to leave the home and experience the fun of seeing a tentpole movie up on the big screen with a socially distant crowd of other fans. At the very least, this bodes well for upcoming action and franchise titles coming up including Mortal Kombat on April 23, A Quiet Place Part II on May 28, F9 on June 25, Top Gun: Maverick on July 2, and Black Widow on July 9.

With its international launch a week earlier in much of the world, GvK pulled in $71.6M overseas this weekend dropping an encouraging 39% in its second weekend. That's a good hold. The offshore cume has soared to $236.9M led by China's fantastic $137.1M putting the global take at $285.4M and rising fast. The monster hit is just a week away from zooming past the $364M of Tenet to become Hollywood's biggest hit during the pandemic. It even has the potential to break the $500M mark by the end of the run opening the door for more potential blockbusters throughout the coming year. The four-film Monsterverse has now collectively grossed an impressive $1.77 billion worldwide.

Sony's religious-themed fright film The Unholy used Easter weekend as its launchpad and bowed to an estimated $3.2M from 1,850 locations this weekend for a $1,730 average. Reviews were generally negative for the PG-13 thriller.

The revenge thriller Nobody opened big last weekend, but took a beating in its second round tumbling 55% to an estimated $3.1M. Still, Universal has collected $11.9M in ten days - solid numbers during this pandemic. Hefty incoming competition affected the Bob Odenkirk pic this weekend.

Disney witnessed a 45% decline for its toon Raya and the Last Dragon which grossed an estimated $2.1M in its fifth weekend as the animated adventure became available for digital purchase at home for those who are not Disney+ subscribers. The price remains $30. Raya has banked $32.2M to date from North America and compared to other recent kidpics at the same point, it's running 13% behind Tom and Jerry but 10% ahead of The Croods: A New Age . Dragon has grossed nearly $60M from overseas markets and about $90M globally.

Dropping a similar 46% was Tom & Jerry which took in an estimated $1.4M in its sixth frame. Warners has banked $39.5M to date domestically plus $54M from international markets for a $93.5M worldwide tally. The faith-based family drama The Girl Who Believes in Miracles debuted in sixth place with an estimated $540,000 from 640 locations for a $844 average. Atlas distributed the PG-rated film.

Benedict Cumberbatch's The Courier declined by 57% to an estimated $452,000 giving Roadside Attractions $4.3M overall. The poorly-reviewed sci-fi film Chaos Walking followed with an estimated $380,000, down a sharp 69%, for a cume of $12.2M thus far for Lionsgate.

The pandemic's top toon The Croods: A New Age was next with an estimated $210,000 in its 19th weekend. DreamWorks Animation's hit fell 62% and raised its domestic sum up to $56.3M. Just as it finally approaches the total of Tenet , Godzilla vs Kong will race past both films in total North American box office in the coming days. Rounding out the top ten was the arthouse film French Exit which expanded to 483 locations grossing an estimated $193,000 for a $400 average. The Sony Classics title has $201,000 to date.

The top ten films grossed an estimated $44M this weekend - another new pandemic record. The box office was mostly shutdown a year ago, but the figure was down 68% from 2019 when Shazam opened in the top spot with $53.5M.


Read or listen to Dr. David Kelly, our Chief Global Strategist.

Stay current on the economic landscape, week-to-week.

This website is a general communication being provided for informational purposes only. It is educational in nature and not designed to be a recommendation for any specific investment product, strategy, plan feature or other purposes. By receiving this communication you agree with the intended purpose described above. Any examples used in this material are generic, hypothetical and for illustration purposes only. None of J.P. Morgan Asset Management, its affiliates or representatives is suggesting that the recipient or any other person take a specific course of action or any action at all. Communications such as this are not impartial and are provided in connection with the advertising and marketing of products and services. Prior to making any investment or financial decisions, an investor should seek individualized advice from personal financial, legal, tax and other professionals that take into account all of the particular facts and circumstances of an investor's own situation.

Opinions and statements of financial market trends that are based on current market conditions constitute our judgment and are subject to change without notice. We believe the information provided here is reliable but should not be assumed to be accurate or complete. The views and strategies described may not be suitable for all investors.

INFORMATION REGARDING MUTUAL FUNDS/ETF:

Investors should carefully consider the investment objectives and risks as well as charges and expenses of a mutual fund or ETF before investing. The summary and full prospectuses contain this and other information about the mutual fund or ETF and should be read carefully before investing. To obtain a prospectus for Mutual Funds: Contact JPMorgan Distribution Services, Inc. at 1-800-480-4111 or download it from this site. Exchange Traded Funds: Call 1-844-4JPM-ETF or download it from this site.

J.P. Morgan Funds and J.P. Morgan ETFs are distributed by JPMorgan Distribution Services, Inc., which is an affiliate of JPMorgan Chase & Co. Affiliates of JPMorgan Chase & Co. receive fees for providing various services to the funds. JPMorgan Distribution Services, Inc. is a member of FINRA FINRA's BrokerCheck

INFORMATION REGARDING COMMINGLED FUNDS:

For additional information regarding the Commingled Pension Trust Funds of JPMorgan Chase Bank, N.A., please contact your J.P. Morgan Asset Management representative.

The Commingled Pension Trust Funds of JPMorgan Chase Bank N.A. are collective trust funds established and maintained by JPMorgan Chase Bank, N.A. under a declaration of trust. The funds are not required to file a prospectus or registration statement with the SEC, and accordingly, neither is available. The funds are available only to certain qualified retirement plans and governmental plans and is not offered to the general public. Units of the funds are not bank deposits and are not insured or guaranteed by any bank, government entity, the FDIC or any other type of deposit insurance. You should carefully consider the investment objectives, risk, charges, and expenses of the fund before investing.

INFORMATION FOR ALL SITE USERS:

J.P. Morgan Asset Management is the brand name for the asset management business of JPMorgan Chase & Co. and its affiliates worldwide.

NOT FDIC INSURED | NO BANK GUARANTEE | MAY LOSE VALUE

Telephone calls and electronic communications may be monitored and/or recorded.
Personal data will be collected, stored and processed by J.P. Morgan Asset Management in accordance with our privacy policies at https://www.jpmorgan.com/privacy.

If you are a person with a disability and need additional support in viewing the material, please call us at 1-800-343-1113 for assistance.


FISHING UPDATES

Table of contents

LAKES, PONDS, RESERVOIRS

The Cascade Lakes Hwy from Forest Service Rd 40 south to Klamath County line in now OPEN. Cascade Lakes Hwy from Forest Service Rd 40 north is still CLOSED.

Bass and panfish anglers should start keeping an eye on water temperatures. Once they reach 50 degrees, you can expect these fish to become more active. Look for them to start moving into the shallows in anticipation of spawning.

Most of the reservoirs in the Deschutes Basin are well below maximum capacity. Ochoco is at 26 percent, Prineville is at 61 percent and Crescent is at 25 percent. If the dry weather continues, these low water levels will affect fishing and potentially trout stocking. Be sure to check back for updates as the season progresses.

Lakes and reservoirs to fish this week:

  • Anglers report fair fishing for largemouth bass on Davis Lake. 5/19/21
  • Forest Service Rd. 21 to East and Paulina lakes is now open. Anglers are reporting fair trout fishing on East Lake. 5/19/21
  • Lake trout fishing on Odell Lake has been good. 5/19/21
  • Bass fishing is picking up in Lake Billy Chinook and should be good in Haystack Reservoir. 5/19/21
  • Prineville Reservoir is a good bet for both bass and trout fishing. 5/19/21

RIVERS AND STREAMS

Many rivers and streams will reopen to trout fishing on May 22.

Although there are warmer temperatures in the forecast, water temperatures are still cold. Anglers should target trout during the warmest parts of the day when fish are most active.

Rivers and streams to fish this week:

  • Anglers are reporting good fishing and active insect hatches during the warmest parts of the day on the Fall and Metolius rivers, and the Deschutes between Lake Billy Chinook and Benham Falls.

RECENTLY STOCKED

Scheduled to be stocked this week (week of May 17): Lost Lake, Olallie Lake, Laurance Lake, South Twin Lake, Smock Prairie Reservoir, Walton Lake, Clear Lake, North Twin Lake, Shevlin Pond.

Stocked last week (week of May 10): Redmond Fireman’s Pond, Lost Lake, Clear Lake.

TROUT STOCKING MAPS: Find your place to fish

Check out the ODFW fishing and trout stocking maps to find nearby fishing locations, driving directions and descriptions of amenities.

ANNOUNCEMENTS: closures, special events, etc.

Cascade Lakes Highway remains closed

The Cascade Lakes Hwy from Forest Service Rd 40 south to Klamath County line in now OPEN. Cascade Lakes Hwy from Forest Service Rd 40 north is still CLOSED. Please check the Deschutes County website for up-to-date information

New map shows wildfire impacts on recreation

Hunters, anglers and wildlife viewers will be living with the impacts of the 2020 wildfire season for a long time. To help you navigate the status of popular recreation sites, natural resource management agencies in Oregon have released an interagency status map that shows open, closed and reduced service areas on a single map, regardless of reason for closure.

The map now also includes an updated boat ramp status map . The Marine Board plans to update boat ramp status every month at a minimum.

UPDATES BY WATERBODY

ANTELOPE FLAT RESERVOIR: rainbow trout

Recent sampling indicates excellent overwinter survival. Fish averaged 12 inches long with individuals up to 19 inches caught. Like most reservoirs this year, Antelope Flat did not fill completely so the water level is below normal. Last updated 5/19/21.

BIKINI POND: rainbow trout

The pond has received a couple of spring stockings and should be good fishing. It is a great place to take kids. Last updated 4/28/21.

CRANE PRAIRIE RESERVOIR: rainbow trout, brook trout, largemouth bass, kokanee

Anglers report good fishing with fish dispersed. Wild rainbow trout must be released unharmed. Last updated 5/19/21.

CENTURY GRAVEL POND: rainbow trout

Pond was stocked with rainbow trout a couple of weeks ago. The pond is located ¼ mile west of the junction of USFS Rd 46 (Century Drive) and USFS Rd 4635. Last updated 5/19/21.

CRESCENT LAKE: rainbow trout, brown trout, lake trout and kokanee

Lake level is extremely low for this time of year and developed boat ramps are marginal for launching larger boats. Open to fishing all year. One lake trout per day, 24-inch minimum length. Last updated 4/21/2 1.

CROOKED RIVER: trout, whitefish

Irrigation season has started so the water level is higher, but will be lower than average for the summer. Only the section downstream of Bowman Dam to Lake Billy Chinook is now open, above the dam is closed until May 22.

As a reminder, any trout over 20 inches is considered a steelhead and must be immediately released unharmed. Steelhead eggs may still be in the gravel so anglers are encouraged to avoid stepping on redds.

Crooked River anglers may encounter bull trout now that there is volitional passage at Opal Springs. Anglers who catch a bull trout should release it unharmed and report their catch to the US Fish and Wildlife Service at [email protected] . Last updated 5/19/21.

DAVIS LAKE: largemouth bass, rainbow trout

Water is low and it may be difficult to launch a bigger boat. Anglers report fair fishing for rainbow trout and largemouth bass. Open to fishing all year. Fly-fishing only, barbless hooks required. Catch-and-release for trout. No limit on size or number of warmwater fish. Last updated 5/19/21.

DESCHUTES RIVER, mouth to Pelton Dam: steelhead, redband trout, whitefish

Trout fishing has been good. Anglers are reporting good action on both dry flies and nymphs. The entire river is now open for trout fishing.

Steelhead fishing is essentially over for the 2020-21 run year due to most fish entering spawning grounds in closed waters. New steelhead from the 2021-22 run will begin entering the Deschutes fishery in July. Last updated 4/28/21.

DESCHUTES RIVER, Lake Billy Chinook to Benham Falls: rainbow trout, brown trout

Anglers report good fishing and are reporting hatches coming out during the warmest part of the day. Open year-round for trout. Artificial flies and lures only. No limit on brown trout. Last updated 5/19/21.

DESCHUTES RIVER, Benham Falls to Little Lava Lake: rainbow trout, brown trout

Closed to fishing until May 22, 2021.

EAST LAKE: rainbow trout, brown trout, kokanee

The road to East Lake is now open! Anglers report fair fishing. But the lake is a little low for this time of year so boat ramp access may be challenging. Open all year to fishing. Last updated 5/21/21.

FALL RIVER: rainbow trout, brown trout

Anglers report fair fishing and active hatches during the warmest part of the day. Open to fishing all year. Restricted to fly-fishing with barbless hooks only. Last updated 4/24/21.

HAYSTACK RESERVOIR: rainbow trout, kokanee, black crappie, bluegill, smallmouth bass, largemouth bass, brown bullhead

With the warm weather, trout will be harder to catch during the day, especially from shore. However, the warmwater fish will be more active. Last updated 5/19/21.

HOOD RIVER: steelhead, spring Chinook

A few winter steelhead are still being reported in the lower Hood River even though the run is tapering off.

Spring Chinook season opens on May 1. Anglers should expect the peak of the run in late May. Anglers typically have the best luck in the Hood River with bobber and bait, or drift fishing bait. Last updated 4/28/21.

HOSMER LAKE: brook, rainbow and cutthroat trout

Snow gates west of Mt. Bachelor between Dutchman Flat and Deschutes Bridge remains closed. Open to fishing all year. Restricted to fly-fishing only with barbless hooks. Catch-and-release for all species. Last updated 4/21/21.

LAKE BILLY CHINOOK: bull, brown and rainbow trout, kokanee, smallmouth bass

Kokanee fishing has been fair with fish averaging around 10-11 inches. Fishing for bull trout has been fair. Bass fishing is picking up.

Harvest is limited to 1 bull trout over 24 inches under the daily trout limit. Anglers can now keep 5 kokanee in addition to daily trout limit. No bag or size limits on brown trout and bass. Last updated 5/19/21.

LAURANCE LAKE: truta

Laurance Lake opened to fishing on April 22. No reports on success.

LAVA LAKE, Big: rainbow trout

Access to the lake is open. Anglers report fair fishing but water is off-color. Open to fishing all year. Last updated 5/19/21.

METOLIUS POND: rainbow trout

Youth (ages 17 and under) and disabled anglers only. Last updated 4/28/21.

METOLIUS RIVER: rainbow trout, bull trout

Anglers report good fishing with active hatches during the warmest part of the day. Catch-and-release for trout including bull trout. Fishing is restricted to fly-fishing only upstream of Bridge 99 (Lower Bridge).

Artificial flies and lures permitted below Bridge 99 (Lower Bridge). River is closed to fishing above Allingham Bridge until May 22, 2021. All public access to Wizard Falls Hatchery is closed until further notice. Last updated 3/24/21.

NORTH TWIN LAKE: rainbow trout

Lake will be stocked with rainbow trout this week. Anglers report fair fishing. Open to fishing all year. Last updated 5/19/21.

OCHOCO RESERVOIR: rainbow trout, black crappie, smallmouth bass

Water level is extremely low, bank access is limited and it’s walk-in only. Last updated 5/19/21.

ODELL LAKE: lake trout, kokanee, rainbow trout

Anglers report fair fishing for kokanee and good fishing for lake trout. Kokanee limit is 25 per day in addition to daily trout limit. One lake trout per day, 24-inch minimum length. Bull trout must be released unharmed. ODFW will be conducting a creel survey on the lake in 2021 so please provide your daily angling information to ODFW when asked. Both resort boat ramps are open in addition to Sunset Cove. Last updated 5/19/21.

PAULINA LAKE: brown trout, rainbow trout, kokanee

The road to Paulina Lake is now open! Last updated 5/19/21.

PINE HOLLOW RESERVOIR: rainbow trout, largemouth bass, bluegill

No recent reports, however fishing is typically very good at this time.

Anglers are most successful at Pine Hollow using a boat. If you are fishing out of a boat, trolling small spinners or free drifting bait will work.

Bank anglers can also be successful near the boat ramp and on the dam. Last updated 2/28/21.

PINE NURSERY POND: trout, largemouth bass

Limit is 2 fish per day. Last updated 3/24/21.

PRINEVILLE RESERVOIR: rainbow trout, largemouth and smallmouth bass, crappie

Trout and bass fishing have been good. Contact the State Park at (541) 447-4363 for information on boat ramps. Last updated 5/19/21.

SHEVLIN YOUTH FISHING POND: rainbow trout

Pond will be stocked with week. Open to youth only (17 years and under) and disabled anglers. Limit is two fish per day. Last updated 5/19/21.

SOUTH TWIN LAKE: rainbow trout

Lake will be stocked with rainbow trout this week. Angers report good fishing. Open to fishing all year. Last updated 5/19/21.

SPRAGUE POND: rainbow trout

Pond was stocked with rainbow trout a couple of weeks ago. Turn at Cow Meadow sign off USFS Rd 40. Take first left at first dirt road and follow road to pond. Last updated 5/19/21.

SUTTLE LAKE: brown trout, kokanee

No recent reports. Open all year. 25 kokanee per day in addition to daily trout limit. No limit on the number or size of bass. Last updated 11/4/20.

TAYLOR LAKE (Wasco County): rainbow trout

No recent reports from anglers . However, the lake has been stocked a couple of times and should be good fishing. Last updated 4/28/21.

THREE CREEK LAKE: rainbow trout, brook trout

Snow gate remains closed for the winter. Contact the USFS in Sisters for updates on snow gate removal. Open to fishing all year. Last updated 4/21/21.

WALTON LAKE: rainbow trout

Recent sampling indicated excellent overwinter survival with trout averaging 12 inches long, and ranging up to 20 inches. The lake will be stocked the week of May 17 with 2,500 legal-size fish and 200 trophy-size fish. Last updated 5/19/20.

WICKIUP RESERVOIR: kokanee, brown trout, rainbow trout, largemouth bass

The reservoir level is low but boats can be launched safely at this point. Five kokanee per day in addition to daily trout limit. Last updated 5/19/21.


The US National Team

Eight spots reserved for the 2021 World Championships

Pos Name Pontos Comp 1 Comp 2 Comp 3 Comp 4
1 Zac Majors 1534 609 PAN2021 482 SCF2018 443 WPN2021
2 Bruce Barmakian 1452 393 PAN2021 385 QA22019 352 WPN2021 322 BSN2019
3 Robin Hamilton 1385 561 SCF2018 467 PAN2021 357 WPN2021
4 Davis Straub 1270 396 SCF2018 338 PAN2021 280 BSN2019 256 WPN2021
5 Pedro L Garcia 1265 496 PAN2021 492 QA22019 277 WPN2021
6 Kevin Carter 1126 445 PAN2021 412 QA12019 269 BSN2019
7 John Simon 1120 437 QA22019 400 PAN2021 283 WPN2021
8 Willy Dydo 1089 377 PAN2021 293 BSN2019 230 WPN2021 189 QA22019
9 Larry Bunner 984 413 QA12019 310 PAN2021 261 WPN2021
10 Gary Anderson 951 315 PAN2021 262 WPN2021 209 BSN2018 165 BSN2019
11 Kevin Dutt 917 497 PAN2021 420 QA22019
12 Phil Bloom 812 420 SCF2018 392 PAN2021
13 Patrick Pannese 669 341 SCF2018 328 WPN2021
14 JD Guillemette 645 264 PAN2021 232 QA12019 149 WPN2021
15 Derrick Turner 634 333 WPN2021 301 BSN2018

I won't be going and pilots are being surveyed right now to see who wants to make up the team.

Discuss "The US National Team" at the Oz Report forum link»


Commitments of Traders

The Commodity Futures Trading Commission (Commission or CFTC) publishes the Commitments of Traders (COT) reports to help the public understand market dynamics. Specifically, the COT reports provide a breakdown of each Tuesday’s open interest for futures and options on futures markets in which 20 or more traders hold positions equal to or above the reporting levels established by the CFTC.

The COT reports are based on position data supplied by reporting firms (FCMs, clearing members, foreign brokers and exchanges). While the position data is supplied by reporting firms, the actual trader category or classification is based on the predominant business purpose self-reported by traders on the CFTC Form 40 1 and is subject to review by CFTC staff for reasonableness. 2 CFTC staff does not know specific reasons for traders’ positions and hence this information does not factor in determining trader classifications. In practice this means, for example, that the position data for a trader classified in the “producer/merchant/processor/user” category for a particular commodity will include all of its positions in that commodity, regardless of whether the position is for hedging or speculation. Note that traders are able to report business purpose by commodity and, therefore, can have different classifications in the COT reports for different commodities. For one of the reports, Traders in Financial Futures, traders are classified in the same category for all commodities.

Due to legal restraints (CEA Section 8 data and confidential business practices), the CFTC does not publish information on how individual traders are classified in the COT reports.

Generally, the data in the COT reports is from Tuesday and released Friday. The CFTC receives the data from the reporting firms on Wednesday morning and then corrects and verifies the data for release by Friday afternoon.

There are four main reports:

4. Traders in Financial Futures

The Legacy reports are broken down by exchange. These reports have a futures only report and a combined futures and options report. Legacy reports break down the reportable open interest positions into two classifications: non-commercial and commercial traders.

The Supplemental report includes 13 select agricultural commodity contracts for combined futures and options positions. Supplemental reports break down the reportable open interest positions into three trader classifications: non-commercial, commercial, and index traders.

The Disaggregated reports are broken down by agriculture, petroleum and products, natural gas and products, electricity and metals and other physical contracts. These reports have a futures only report and a combined futures and options report. The Disaggregated reports break down the reportable open interest positions into four classifications:

The Traders in Financial Futures (TFF) report includes financial contracts, such as currencies, US Treasury securities, Eurodollars, stocks, VIX and Bloomberg commodity index. 3 These reports have a futures only report and a combined futures and options report. The TFF report breaks down the reportable open interest positions into four classifications:

2. Asset Manager/Institutional

Short and Long Format of Reports

The Legacy and Disaggregated reports are available in both a short and long format. The TFF report is only available in the long format. The Supplemental report is only available in the short format.

The short format shows reportable open interest and week-to-week open interest changes separately by reportable and non-reportable positions. For reportable positions, additional data is provided for commercial and non-commercial holdings, spreading (in certain categories only), changes from the previous report, percent of open interest by category, and numbers of traders.

The long report, in addition to the information in the short report, groups the data by crop year, where appropriate, and shows the concentration of positions held by the largest four and eight traders.

Please see the official Release Schedule for a calendar of release dates.

History of Disaggregated COT data - October 20, 2009

CFTC will make available more than three years of history of disaggregated data included in the weekly Commitments of Traders (COT) reports. History for the 22 commodity futures markets currently contained in the weekly disaggregated COT reports, first published on September 4, 2009, will be available starting Tuesday, October 20, 2009.

Machine-readable files will be located on the CFTC website, with data dating back to June 13, 2006. One type is a zipped, comma-delimited text file Historical Compressed while the other type is a zipped Excel file. Historical Compressed In addition, the 3-year history will be available in a “viewable” file on the CFTC website, by commodity group, and, within group, by commodity. Historical Viewables These viewable files will only be available in the “long format.”

Please note: CFTC does not maintain a history of large trader classifications. Portanto, atual classifications are used to classify the historical positions of each reportable trader (this approach is commonly referred to as “backcasting” see the D-COT Explanatory Notes at, Disaggregated Explanatory Notes.)